domingo, 23 de abril de 2017

SANTAS MULHERES GUERREIRAS CATÓLICAS E BÍBLICAS - FEITOS CORAJOSOS E MILAGROSOS


ÍNDICE:

1- NA BÍBLIA, UMA MULHER QUEBRA O CRÂNIO DO INIMIGO DE ISRAEL 

2- NA BÍBLIA, JUDITE CORTA A CABEÇA DO INIMIGO E ACABA COM A GUERRA


3- SANTA JOANA DARC - A GUERREIRA HEROÍNA E PADROEIRA DA FRANÇA


4- SANTA CLARA EXPULSA UM EXÉRCITO DE SARRACENOS


5- A CORAGEM DE SANTA TECLA, MÁRTIR


6- NEM DEZ HOMENS CONSEGUEM MOVER SANTA LUZIA


7- ALGOZES MORTOS POR TENTAREM PROFANAR  SANTA INÊS


8-  A CORAGEM DE SANTA BÁRBARA


9 - SANTAS PERPÉTUA E FELICIDADE MOSTRAM FORÇA E CORAGEM


10 - A CORAGEM DE MADRE JOANA ANGÉLICA DE JESUS - MÁRTIR





NA BÍBLIA, UMA MULHER QUEBRA O CRÂNIO DO INIMIGO DE ISRAEL 


Image result for death of abimelech



Havia, porém, no meio da cidade uma torre forte; e todos os homens e mulheres, e todos os cidadãos da cidade se refugiaram nela, e fecharam após si as portas, e subiram ao eirado da torre.
E Abimeleque veio até à torre, e a combateu; e chegou-se até à porta da torre, para a incendiar.
Porém uma mulher lançou um pedaço de uma mó sobre a cabeça de Abimeleque; e quebrou-lhe o crânio.
Então chamou logo ao moço, que levava as suas armas, e disse-lhe: Desembainha a tua espada, e mata-me; para que não se diga de mim: Uma mulher o matou. E o moço o atravessou e ele morreu.
Vendo, pois, os homens de Israel que Abimeleque já era morto, foram-se cada um para o seu lugar.
Juízes 9,51-55





NA BÍBLIA, JUDITE CORTA A CABEÇA DO INIMIGO E ACABA COM A GUERRA

Image result for judite e holofernes




No Livro de Judite, no Antigo Testamento, vemos que o  rei Nabucodonosor ameaçava gravemente o povo de Israel, através de seu marechal Holofernes.  Os israelitas ficaram desesperados, pois sabiam que Holofernes estava arrasando e saqueando tudo o que encontrava pelo caminho. 

Judite era uma mulher viúva, porém ainda jovem e muito bonita. Era muito temente a Deus e de conduta irrepreensível.
Judite orou com grande instância a Deus, uma oração intensa, regada a jejum, grande louvor e lágrimas.
E Judite tirou a roupa de viúva, arrumou-se, perfumou-se e vestiu-se com roupa de festa. Ficou belíssima, capaz de seduzir os homens que a vissem. Depois, apanhou uma sacola com alimentos e dirigiu-se para onde estava Holofernes.

 Bastou apenas vê-la para apaixonar-se.  Após muito assédio, Holofernes promoveu um banquete regado a muito vinho, com o propósito de manter relações sexuais com Judite. Acabou por adormecer. Procurando deixá-lo a sós com Judite, os servos fecharam a tenda e saíram. Judite, então, aproveitando-se a coma alcoólica de Holofernes, usando a própria espada deste, cortou-lhe a cabeça. Judite pegou a sacola utilizada para levar mantimentos e fez com que a cabeça de Holofernes fosse colocada dentro. Após, deixou discretamente o acampamento e voltou para seu povo, levando consigo a cabeça do opressor.






SANTA JOANA DARC - A GUERREIRA


Image result for saint joan of arc war


Munida de uma bandeira branca, Santa Joana chega a Orleães em 29 de abril de 1429. Ela participava dos conselhos de guerra dos generais, que frequentemente ouviam o que ela tinha a dizer (possivelmente acreditando que suas instruções tinham origem divina). Sob seu estandarte, o exército de 4 000 homens derrotaram os ingleses em batalha e romperam o cerco a Orleães a 8 de maio de 1429. A presença de Joana é creditada como fundamental para a vitória, dando coragem e força aos soldados. Os franceses estavam cercando Orleães havia quase oito meses e não conseguiam superar as defesas inglesas. Porém, com Santa Joana ao seu lado, o fervor religioso e patriótico reascendeu nas tropas e os conduziu a vitória.

 Ela teria chegado para a batalha em um cavalo branco, armadura de aço, e segurando um estandarte com a cruz de Cristo, circunscrita com o nome de Jesus e Maria. 

Após a vitória em Orleães, os ingleses pensaram que os franceses iriam tentar reconquistar Paris ou a Normandia, mas ao invés disto, Joana convenceu o Delfim a iniciar uma campanha sobre o rio Loire. Isso já era uma estratégia de Joana para conduzir o Delfim a cidade de Ruão.

Joana dirigiu-se a vários pontos fortificados sobre pontes do rio Loire. Em 11 e 12 de junho de 1429, participou da vitória francesa na batalha de Jargeau. No dia 15 de junho, foi a vez da batalha de Meung-sur-Loire. A terceira vitória foi em Beaugency, nos dias 16 e 17 de junho do mesmo ano. Um dia após sua última vitória se dirigiu a Patay, onde sua participação foi pouca. A luta na região, única batalha em campo aberto, já se desenrolava sem a presença de Joana d'Arc.


SANTA CLARA EXPULSA O EXÉRCITO DE SARRACENOS
Image result for saint clare army saracens


A força e a eficácia poderosa de sua oração pode ser sentida em 1244, quando o imperador Frederico II atacou o vale de Espoleto, tendo a seu serviço um exército de sarracenos.

Lançaram-se ao saque de Assis, e como São Damião ficava fora dos muros, resolveram começar por ali.Embora muito doente, Clara fez colocar o Santíssimo num ostensório, bem à vista do inimigo.

E Clara orou com grande fervor, pedindo a Cristo que salvasse suas irmãs do saque e do estupro.

Em seguida, orou pela cidade de Assis. No mesmo instante, o terror se apoderou dos assaltantes, que fugiram em debandada.




A CORAGEM DE SANTA TECLA, MÁRTIR


Image result for saint tecla



Ela foi condenada a ser comida por animais selvagens, mas foi novamente salva por uma série de milagres quando as fêmeas a protegem contra seus agressores machos.

Atirada aos leopardos e tigres, estes se deixaram acariciar pela jovem, cujas mãos mansamente lamberam.

Em outro suplício ainda foi sujeita a fiel discípula de São Paulo.

Trancada numa caverna cheia de serpentes venenosas, estas nenhum mal lhe fizeram.









NEM DEZ HOMENS CONSEGUEM MOVER SANTA LUZIA:

Image result for saint lucy of syracuse


Como ela dava extrema importância à virgindade, o governante mandou que a carregassem à força a um prostíbulo, para servir à prostituição.
Embora Luzia não movesse um dedo, nem dez homens juntos conseguiram levantá-la do chão.

Foi, então, condenada a morrer ali mesmo. Os carrascos jogaram sobre seu corpo resina e azeite ferventes, mas ela continuava viva as chamas não tiveram nenhum efeito.
Logo em seguida, Luzia foi condenada à morte pela espada, maravilhando a todos com sua inabalável resolução e seu profundo espírito de fé.




ALGOZES MORTOS POR TENTAREM PROFANAR  SANTA INÊS

Image result for saint AGNES MARTYRDOM MIRACLE


Santa Inês tinha 13 nos quando foi condenada, por ser cristã,  a ser exposta nua num prostíbulo no Circo de Domiciano . Introduzida no local da desonra, uma luz celestial a protegeu e ninguém ousou aproximar-se dela. Seus cabelos cresceram maravilhosamente cobrindo seu corpo.
Ao ser defendida por um anjo guardião, um dos seus lascivos pretendentes caiu morto, mas a santa, apiedada, orou a Deus e o ressuscitou.  Temeroso, o Prefeito Sempronius passou o caso ao seu cruel substituto, Aspásio.

Após novo interrogatório, a menina foi condenada a morrer queimada.
As chamas também não a tocaram, voltando-se contra seus algozes e matando muitos deles.



 A CORAGEM DE SANTA BÁRBARA



Image result for saint barbara MARTYRDOM


Bárbara, por ser cristã,  teve os "seios cortados, depois foi conduzida para fora da cidade onde o seu próprio pai a executou, degolando-a.

Quando a cabeça de Bárbara rolou pelo chão, um imenso trovão ribombou pelos ares fazendo tremer os céus.

Um relâmpago flamejou pelos ares e atravessando o céu fez cair por terra o corpo sem vida de Dióscoro, pai impiedoso da Virgem mártir".










SANTAS PERPÉTUA E FELICIDADE MOSTRAM FORÇA E CORAGEM




Image result for saint perpetua and felicity MARTYRDOM MIRACLE

Por serem cristãs,  Perpétua e Felicidade foram amarradas com arame e soltaram sobre elas uma vaca bravíssima, que as atacou sem misericórdia.

O povo emocionado, ao ver a valentia das jovens mães, pediu que as retirassem pela porta onde saiam os gladiadores vitoriosos.

A Felicidade cortaram a cabeça com um golpe de machado, Porém o verdugo que deveria matar Perpétua estava muito nervoso e errou o primeiro golpe.

 Ela deu um grito de dor, porém posicionou melhor a cabeça para facilitar o trabalho do verdugo e lhe indicou onde deveria atingi-la.

Assim, esta mulher corajosa mostrou até o último instante que morria mártir por sua própria vontade e com toda generosidade.





A CORAGEM DE MADRE JOANA ANGÉLICA DE JESUS - MÁRTIR

Image result for madre joana angelica


Sóror Joana Angélica era uma freira da Congregação das Irmãs Concepcionistas. Em 1822, quando o brigadeiro Luís Madeira de Melo veio para Salvador comandar a Província, ela era abadessa do Convento da Lapa. A vinda do brigadeiro português revoltou os soldados brasileiros e a cidade virou um campo de batalha. Certo dia, soldados e marinheiros portugueses, embriagados de álcool e de ódio, a título de perseguir supostos revoltosos, invadiram o Convento da Lapa. A fim de preservar a integridade das monjas, Sóror Joana Angélica ordenou que elas fugissem pelo quintal. Os soldados enfurecidos derrubaram o portão de ferro e Joana Angélica colocou-se entre eles e o segundo portão que dá acesso à clausura onde o Santíssimo Sacramento está exposto. Na tentativa de impedir com seu corpo a entrada dos soldados, ela abriu os braços e exclamou: “Para trás, bandidos. Respeitem a casa de Deus. Recuai, só penetrareis nesta Casa por sobre o meu cadáver”. Foi então assassinada com golpes de baioneta e, ao pé do altar, esvaiu-se em sangue. Era o dia 20 de fevereiro de 1822.










Nenhum comentário:

Postar um comentário